domingo, 28 de dezembro de 2008

Bonequinhos em excursão


Nas incertezas das idas e vindas desta vida fui me transformando em ceramista. Em uma temporada de cinco anos que passei na Alemanha fui adquirindo conhecimento e experiência em um atelier de cerâmica em Munique. Uma paixão que se transformou em profissão. Na Alemanha conheci a minha companheira de vida - uma brasileira.
Voltamos ao Brasil e fomos morar por sete anos em um sítio na cidade de Ivoti. Com o passar das estações o trabalho foi se aperfeiçoando e a melhor obra resultante desta época foi feita em conjunto: é a nossa filha. Ela não tem a mesma paixão por cerâmica como eu, mas desenha muito bem. Às vezes ela vem ao atelier e faz algumas peças. Estes bonequinhos foram feitos em dois dias, e refletem a personalidade dessa menina de dez anos, que para mim é uma grande fonte de inspiração.

4 comentários:

Neide Rigo disse...

Ei, Rui! Até que enfim! Vida longa ao seu ruigassen! Diga pra Laura que as peças dela competem de igual pra igual em criatividade com as do pai. São fófis. A foto da flor está linda. Parabéns para toda a equipe.
Beijos,
n

Anônimo disse...

Alegria alegria xangrilá!
Faço minhas as palavras da patroa. Tudo muito fofis! Aleluia!
Beijos a todos

Marcos disse...

Não seu porque não saiu meu nome!

Anônimo disse...

ainda bem que a laura largo de fazer camisetas..eheheheh
javier