segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Processo criativo

Polvo no chá das cinco.
Chá de rosas.
Esperando a queima.
A concepção de uma peça original começa a partir de uma idéia, um desejo. Esta idéia as vezes é tão fugaz que precisa de dias, meses ou anos para amadurecer e se materializar. Ela fica em um berçário de idéias em algum cantinho escondido no cérebro. Quando está pronta para nascer ela toma conta do pensamento.

Fazia tempo que estava pensando em fazer um bule de chá que fosse envolto por outro com desenhos de flores recortadas. O problema é como colocaria um dentro do outro. Essa idéia ficou várias semanas evoluindo. Até que uma noite, acordei às 3:30 da manhã, e através de um sonho veio a solução. Até o fim do dia a peça estava pronta.

2 comentários:

Neide Rigo disse...

Quando encontrei a Carla, da Casa do Chá, ela disse que ainda não tinha tido coragem de botar na loja pra vender. É mesmo de se admirar. E até hoje não sei como fez. Bjs, n

Marcos disse...

Este então é o lendário bule?
Semdúvida uma beleza de peça, parabéns!
Abraços