domingo, 25 de janeiro de 2009

Finalmente!


Estou transformando o espaço livre do atelier em um pomar. Quando viemos morar aqui tinha uma laranjeira, uma pereira e um pé de jambolão. Já consegui arranjar lugar para um laranjeira Qincan - as mini laranjas, Uma videira, uma amoreira e a mais nova estreante é esta da foto. Foi plantada faz 3 anos e é a primeira vez que floresce e até já está com frutinhas. É o pé de carambola. Era uma fruta desconhecida para mim até os 12 anos. Naquela época minha irmã estudava em São Leopoldo. Em uma das visitas que fiz à ela conheci uma menina chamada Tina que é amiga minha até hoje. Ela me convidou para ir roubar frutas no pomar de um colégio.
Não sei se me encantei mais com esta estrela amarela com seu sabor azedo e aroma inconfundível ou com a delícia da contravenção. Foi uma novidade. Naquela semana que passei com ela atacamos várias hortas. Até mandioca roubamos. Não fomos pegos nenhuma vez. Nós éramos bons nisso. É uma pena que ninguém prossegui na carreira. Talento a gente tinha...

10 comentários:

Anônimo disse...

vcs não roubavam,s´opegavamemprestado e esqueciam de devolver..heheeh

e pára de falar que não deixo recado....
boa semana,javier

Rui disse...

CháChá, meu amigo, nós roubávamos desavergonhadamente e tinhamos plena consciência da contravenção.
Na minha opinião já estávamos aptos para o xilindró

Mariângela disse...

ai meu deus,não me faça passar vergonha homem,tenho que voltar com urgência para censurar estes posts,beijo!rsrsrsrs

Mariângela disse...

Rui,vi a foto do tratador que fizeste lá no outro blog,ficou lindíssimo e muito delicado,não à toa os donos ficaram encantados,beijo! (faça um para o brique,se tens vontade)

Marcos disse...

Amigo Rui
Estas descobertas advindas por meios ilícitos creio que são comuns em pirralhos endiabrados como certamente você deve ter sido.
Eu, como sempre fui santo, fico pasmo com tais relatos.
Ainda bem que pela idade que temos tais crimes já prescreveram e você está livre das punições cabiveis!
Abraços

Rui disse...

Marcos:
Para prevenir qualquer retaliação futura omiti o nome da escola.

Neide Rigo disse...

Rui, que linda a carambola. Quando jovem eu passei umas três horas com minha prima trepada num pé de carambola comendo frutos maduros e verdes com sal. Lá no Paraná. O pé não era dela nem meu. Voltei para São Paulo de ônibus passando mal e fui direto pro hospital tomar soro. Pensei que fosse morrer. bjs,n

rui disse...

Neide.
Nunca imaginei que a carambola causasse tanta polêmica e confusão.Acho que o fruto proibido que a eva comeu foi a carambola e não a maçã
Ainda tenho o hábito de salpicar sal sobre um meio limão e devora-lo. Faço isto desde criança e nunca fui parar no hospital.Isto é um hábito peculiar teu ou alguns consomem carambola com sal?

rui disse...

Marcos
Obrigado pelos elogios

Anônimo disse...

Rui,
que lembrança boa...
verdade que a consciencia da contravençao dava um sabor muito especial...
uma dupla mágia.
os pequenos ladroes dos pomares do morro do espelho...
Tina