terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Surpresas no faxinão de começo de ano






Mariângela e Laura estão no bem bom em Vitória curtindo uma praia comida e roupa lavada na casa da sogra. Eu estoicamente resisti à tentação de ir junto e resolvi fazer a inadiável e eternamente prorrogada reforma nos fornos e também para fazer um descarte de coisas que vão se acumulando e que provavelmente não mais usarei. Algum tempo atrás fazia umas meia luas em cerâmica utilizando um molde de gesso para dar a forma.Lá se vão alguns anos desde que a utilizei pela última vez. Quando fui examina-la me deparei com duas intervenções da natureza neste molde. A de cor marrom é uma construção de argila feita por uma vespa - algo bem apropriado para o atelier. Ela aprisiona ali dentro algumas larvas que servirão de alimento para seus filhotes. Mas a outra é simplesmente intrigante. Algum inseto organizou as folhas desta forma como se fossem peças de um colar. Será que alguém tem alguma pista do que é isto?


Me assombra que não é somente poeira que encontro pelos cantos obscuros deste atelier...
Após o comentário de Neide Rigo nesta manhã, fiquei com uma pulga atrás da orelha. Será que as verdinhas não foram feitas por mãos humanas e alguém quis aprontar comigo? Abri com cuidado um dos "charutinhos" verdes. Tinha um forte aroma de chá e bem no fundo deles encontrei este polen amarelado que tem o cheiro muito parecido com o polen da abelha jataí. Impressionante como o cheiro e a textura parecem frescos. Não tive coragem de provar. Imagino que o polen serviu de alimento para larva de alguma vespa








5 comentários:

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

Neide Rigo disse...

Oi, Rui, se eu não te conhecesse diria que os canudinhos foram construídas por mãos humanas com o intuito de nos confundir, daquelas farsas do tipo cacos de vidro que pingam dos olhos da criança ou da santa. Mas a natureza é fantástica também. São casulos de borboletas verdes e lindas. Será? bjs, n

Neide Rigo disse...

Ah, Rui, se tem polen dentro, deve ser casulo da abelha Megachile centunculares, do tipo solitária. Veja aqui como elas fazem os ninhos: http://zoologie.umh.ac.be/hymenoptera/photo_album/10_Megachilidae/imagepages/image9.html
beijos, n

Marcos disse...

Rui
Achei lindas ambas as construções
Se for mesmo o que a Neide suspeita, gostaria de saber também.
Abraços

Mariãngela disse...

não jogue a lua no lixo,que pena!