sábado, 17 de janeiro de 2009

Laura! Volte já para casa.


Recado aos meus eventuais leitores.


Estou com dificuldades nas postagens. Engatado na primeira marcha, quase parando, não tanto pelas ideias, mas principalmente porque não consigo dominar esta odiosa e ardilosa máquina que insiste em debochar de minhas tentativas bloguisticas.
Vocês acreditam que até agora ainda não consigo apagar ou reorganizar as fotos do post? Estou tentando desde ontem inverter a posição das fotos do post anterior. Eu pensava, ingenuamente, que a Web era uma rede de comunicação do bem. Mas para mim ela se mostra uma tenebrosa e viscosa teia da aranha Bill Gates que vai imobilizando cada vez mais meus movimentos, Além disso minha técnica em informática , supervisora de edição, Web designer, exímia domadora de computadores, secretária , filha de 10 anos, e o melhor de tudo, não remunerada, Laura, entrou em férias e volta somente em três semanas. E para piorar ainda mais veio esta maldita reforma ortográfica. Levei 40 anos, já descontados os 5 anos de analfabetismo infantil para ter uma vaga ideia de como funciona este negócio de acento. Meus pobres professores de português a essas alturas devem estar todos mortos, de desgosto e curtindo um merecido spa no céu.
Vou radicalizar e abolir todos os acentos, menos o til, que não tem erro e é bonitinho. Poderia acrescentar o ponto de interrogação invertido dos hermanos para saber onde, afinal de contas começa a pergunta. Acho que esta reforma deveria valer somente para pessoas que nasceram a partir de 2002.
O mundo moderno não perdoa quem vem da época do pombo correio e dos sinais de fumaça dos bangue-bangues que via na minha infância.

5 comentários:

Marcos disse...

Calma, amigo Rui!
Não entre em desespero, com o tempo tudo se ajeita.
O Blog está ótimo e estas ausências de nossas fieis escudeiras são importantes para nos fazer cair um pouco na real e reconhecer que viver, hoje em dia, é um pouquinho mais complicado do que o que habitualmente nos parece.
Abraços

Neide Rigo disse...

Ei, Rui, não se preocupe. O mesmo aconteceu comigo. Como não tinha como explorar o trabalho infantil, tive que me virar. Qualquer coisa, estamos aqui. beijos, n

Marcos disse...

Rui
Vou aproveitar e aprender um pouquinho também. Este comentário serve só para treinar a identificação do próprio.
Abraços

Rui disse...

As vezes eu penso que se em vez de um blog eu não deveria fazer uma ampla campanha para a preservação das raríssimas girafas brancas da Antártida. descritas somente uma vez pelo irlandes Abraham Scotch em 1738.

Mariângela disse...

oi Rui! este post está o mais divertido ever,não deixe o pobre blog às moscas, peça ajuda à Neide ou à Fer que elas sabem tudo,muitos beijos!!!!!!!!!!